17 maio 2011

Liga Europa: CLAQUES PROMETEM SURPRESAS PARA DUBLIN - Porto vs Braga [2]

 As claques que vão "torcer" Dublin

Por onde quer que as equipas andem, eles estão sempre lá. Os membros das claques de futebol não desamparam os seus clubes e, em Dublin, a regra não vai ser quebrada. O JPN falou com as "torcidas" que vão "invadir" a Irlanda.
Faça chuva ou faça sol, jogue-se em casa ou fora, as claques estão sempre a proteger as "costas" dos seus clubes do coração. Como se compreende, numa situação normal, as equipas necessitam e anseiam mais pelo apoio dos seus adeptos quando vão jogar fora de "portas": nessas alturas é que, tal como os amigos, se vê quem é que gosta mesmo do clube.
É nesse cenário que se encontram duas das maiores equipas portuguesas, Sporting de Braga e FC Porto. Apuradas para uma final europeia, decidida apenas através de um jogo, não existe o habitual direito a uma partida em casa de cada clube, neste caso em território nacional. Pelo contrário, as equipas vão ter de rumar a Dublin, na Irlanda, mas mesmo assim sabem que vão poder alinhar na partida decisiva com uma estratégia composta por 12 jogadores. Isto porque as claques também "empurram" a equipa para a frente.
Mas feitas melhor as contas, cada conjunto vai alinhar com 13 jogadores, na medida em que FC Porto e Sp. Braga levam, cada um, duas claques. Do lado portista, viajam os Super Dragões, com dois mil membros e o Colectivo 95, com 450. Pelos bracarenses vão "gritar" a Bracara Legion e os Ultra Red Boys, cada uma com cerca de 300 gargantas.
Pode concluir-se que a relação das "torcidas" com os clubes é igual à de um casamento, ou seja, apoiar na tristeza e na alegria, isto apesar de ambas as partes preferirem, na quarta-feira, apoiar na alegria. Porém, a certeza é de que as claques lá estarão. Para isso precisam de bilhetes e, segundo Fernando Madureira, líder dos Super Dragões, "neste tipo de jogos, existe sempre uma parte salvaguardada para a claque", tendo em conta a função de apoio que têm no clube. Jorge Sousa, elemento da direcção do Colectivo 95, ressalva a maior facilidade ao nível da obtenção de "bilhetes a preços normais: 50 euros". "Tudo o resto, temos de ser nós a contratar, como os voos charters e esse tipo de logística", assinala Jorge Sousa.

Do lado arsenalista e, em específico, da Bracara Legion, fala Paulo Carvalho, que diz que a maior facilidade de obtenção dos ingressos para a final prende-se com "o maior contacto que [a claque] tem com as pessoas ligadas ao Sp, Braga". Bruno Silva, membro da direcção dos Red Boys, refere que "agora ia ser muito complicado" obter os bilhetes. Por causa disso, o segredo esteve na antecipação da compra, que permitiu reunir o número de "bilhetes necessários".

As outras paragens, com Dublin no horizonte

O sucesso desportivo de FC Porto e Sp. Braga ultrapassa fronteiras, não só no sentido mediático, mas também no literal e, por isso mesmo, as claques são "obrigadas", muitas vezes, a usar o passaporte e a "carteira". Em representação dos Super Dragões, Fernando Madureira diz que "as viagens mais dispendiosas são aquelas até à Rússia" (só esta época, foram duas - CSKA e Spartak de Moscovo). Jorge Sousa, do Colectivo 95 partilha da opinião.
Do lado da "odisseia" bracarense, Paulo Carvalho relembra o custo da viagem a Estocolmo, na Suécia, no jogo frente ao Hammarby: "Percorremos cerca de oito mil quilómetros de carrinha de nove lugares", revela Carvalho. Pelos Red Boys, Bruno Silva destaca as viagens longínquas e dispendiosas à Ucrânia (Dínamo Kiev) e à Sérvia (Partizan Belgrado).
Segundo Bruno Silva e Paulo Carvalho, também foi em casa do Partizan que os Red Boys e a Bracara Legion mais dificuldade tiveram em apoiar a equipa, tal era o ambiente criado pelas claques adversárias. Nesse ponto, os Super Dragões sentiram-se "abafados" na Grécia e Turquia, sítios onde "o ambiente é muito intenso e os adeptos fazem muito barulho", afirma Fernando Madureira. Nessas ocasiões, "é difícil para os jogadores" ouvirem a claque.
Contudo, no que diz respeito a um dos jogos mais marcantes para os Super Dragões, Colectivo 95, Bracara Legion e Red Boys, a opinião é unânime: Sevilha. No caso dos bracarenses, fala-se do playoff de apuramento para a Liga dos Campeões (Sevilha 3 - 4 Sp. Braga), ainda esta época. No caso dos portistas, fala-se da final da extinta Taça Uefa (agora Liga Europa) de 2003, naquela região espanhola, que ficou na memória dos portistas, porque "foi diferente em tudo", confessa Jorge Sousa. "Pelo resultado, pelo ambiente", completa Fernando Madureira. Comparando com a final de Dublin, os membros das claques "azuis-e-brancas" destacam a facilidade de logística que existia para Espanha e que não existe para Dublin. "Até se podia ir a pé", brinca Madureira.
Nem que seja só do hotel, na Irlanda, para o Estádio, também a pé se pode entrar, quarta-feira, na Dublin Arena. Quem lá estiver, de pé ou sentado, vai poder assistir a coreografias preparadas em especial para a ocasião, pelas claques. "Vamos levar três lençóis gigantes para abrir na altura da entrada da equipa", revela o líder dos Super Dragões que, no entanto, não revela o que lá vai estar escrito: "é surpresa". Do Colectivo 95 saiu uma promessa: "vamos fazer umas coisas engraçadas". Do lado minhoto, Paulo Carvalho, da Bracara Legion, revela uma aliança com os Red Boys: "vamos ter uma coreografia alusiva à final em conjunto com a outra claque do Braga".

Cântico de "guerra"

Desafiados pelo JPN a escolher um cântico para a final de Dublin, os membros das claques dos dois clubes portugueses optaram por dizer que todos os cânticos eram válidos para apoiar a equipa. Apesar disso, Fernando Madureira "cantou" aquela que escolheria como voz de apoio para quarta-feira.


Fonte: JPN
cantou

19 comentários:

Anónimo disse...

Tenho grande peninha de todos eles, que vão a todo o lado de borla, não se façam de coitadinhos..

Anónimo disse...

que dignifiquem a nossa pátria, que principalmente mostrem que o movimento em portugal é bom e pode melhorar, que não somos nenhum perigo para a sociedade, mas sim simples adeptos que seguem os seus clubes para todo o lado e que deêm um excelente espectáculo nas bancadas. eu cá tenho inveja de o meu sporting não estar outra vez numa final europeia, esteve há pouco tempo mas já tenho saudades. é para perceberem que portugal não é uma ilha como muitos acham, somos grandes, viva portugal!

Anónimo disse...

um jogo entre amigos.. já se sabe qual vai ser o resultado final. n é preciso ser mt esperto para saber isso. a fama dos sd aqui na irlanda é a mesma que em portugal. por aqui todos sabem quais sao os vendidos de Portugal.. os super já não são uma claque..mas sim uma empresa de parolos que continuam a alimentar um chulo. o teixeira sim,tinha valor,agora o resto é aquilo que se ve..são uma cambada de vendidos sem qualquer valor ultra. e depois ainda veem para os jornais com cenas ridiculos do tipo" mas nós somos legais e eles não" como se isso fosse motivo de orgulho para alguem. voces são a vergonha do panorama ultra portugues. voces e todos aqueles que se venderam.

Anónimo disse...

o braga e o papa taças

Anónimo disse...

espero que a juveleo saiba o que tem a fazer com o porquinho cardinal. esse animal não entra mais nas instalações do sporting, e as camisolas que ele já deu é tudo para ser queimado! sem tréguas, curva sul

Anónimo disse...

Isto está fora de topico mas para a final da taça de portugal espero que os adeptos portistas se lembrem como sao recebidos em guimaraes e o jamor é o local ideal pa rispostar ? CUIDADO WHITE GAYS ANGELS !

Anónimo disse...

Desdentados estamos cheios de medo...sem tretas de net...segunda-feira contas quantas levas-te :)

Anónimo disse...

super gsys corruptos vitoria ate morrer

Anónimo disse...

19 Maio, 2011 13:24

Vé lá se não tens uma surpresa, olha que o povo de Guimarães, não é tenrrinhos, com o povo do berço não se brinca e todos sabem o porquê... a seguir aos 3 grandes Guimarães manda.
88

Anónimo disse...

cardinal, não te sais a rir.. vais pagá-las

Anónimo disse...

Juveleo com surpresas para o próximo ano, mudança de sector. Vão ficar num canto tipo NN

Anónimo disse...

Cardinal cabrão.

Sporting SSempre
JL Grupo 1143
A NOSSA HONRA CHAMA-SE FIDELIDADE

Anónimo disse...

A JL irá mudar de sector, e vedados..

Anónimo disse...

E mais nada!
Portugal aos portugueseSS

Anónimo disse...

eheh adorei aqui (e não só) muitos sportinguistas a dizer "ah ganda cardinal,contra esses lampiões","toda a gente sabe que é SD,é da sua vida privada",blablabla....

o que não sabiam (ou não queriam ver) é que ele se tava a cagar para o sporting,o que ele queria era mesmo prejudicar o benfica.agora tiveram a paga pelo constante "apoio" que deram.
agora fodam-se e espero que aprendam para a próxima ;)

Anónimo disse...

Anónimo de 21 Maio, 2011 20:30

Os NN não estão situados em nenhum canto mas sim num TOPO oh otariozito ;)


1904

Anónimo disse...

és campeãp de futsal lampião? vocês é que ficam demasiado preocupados com o cardinal, fez-vos mal.

Anónimo disse...

Falem do coentrão ahahahahhh

anonimo disse...

http://www.facebook.com/mobileprotection#!/photo.php?fbid=231290143547981&set=a.223058301037832.68360.223054517704877&type=1&theater so para relembrar pois poucos viram esta ;)

Enviar um comentário