26 fevereiro 2010

México: NORTE-AMERICANA MOSTRA "O SEGREDO" PARA... ENCHER ESTÁDIOS - Monterrey vs Cruz Azul

Norte-americana mostra seios para festejar golo
Leah Spencer foi detida, multada e inibida...


O amor de um adepto ao seu clube pode ultrapassar todos os limites(no bom sentido). Foi o que aconteceu quando Catherine Leah Spencer, a fã norte-americana mais popular da equipa mexicana Monterrey, decidiu festejar um golo, levantando a camisola e mostrando os volumosos seios, para gáudio da assistência. Segundo a própria, já tinha bebido uma garrafa de champanhe e algumas cervejas e, talvez por isso, achou boa ideia mostrar os seios durante o festejo. Mesmo com o marido, ao lado.
Tudo aconteceu, quando o Monterrey marcou o segundo golo ao Cruz Azul, o rival regional. A adepta, não coube em si de alegria e decidiu partilhá-la, pondo a descoberto os seios. Os demais adeptos não se fizeram rogados com a ‘oferta' e pediram que continuasse a mostrar o peito, enquanto tiravam fotografias.
Mas a sua atitude, que em Portugal poderia ser vista como uma boa forma de chamar mais gente aos estádios, não foi bem aceite pelas autoridades mexicanas.
A polícia do Estádio Tecnológico não achou piada à brincadeira e deteve Leah Spencer a "Loira del Tec" (ficou assim conhecida por terras mexicanas), juntamente com um amigo, por desordem pública. Além de ter de pagar uma fiança de 30 euros, a adepta ficou ainda inibida de assistir ao jogo seguinte da equipa Monterrey. A direcção do clube pondera, ainda, proibir a moçoila de voltar a entrar no estádio. Vá lá perceber-se porquê...
Mas na partida seguinte, ao perceberem que Leah Spencer, de 30 anos, não estava na bancada, os adeptos do Monterrey despiram as suas camisolas e amarraram-nas, formando um laço, para mostrar o seu apoio e pedir que a deixassem assistir ao jogo. Mas de nada valeu.
Quem não gostou da forma como foi Leah Spencer, originária da cidade de Houston, foi tratada foi o seu namorado. 'Não acredito que esta seja forma de tratar uma pessoa estrangeira. O México é muito melhor que isto mas se a sua mentalidade fosse de primeiro mundo, teriam convidado Leah para assistir a todos os jogos da equipa, de borla', alegou o cantor de rock mexicano, César González.

A "loira do Tec" é bom um exemplo de como, em Portugal, se pode também chamar gente aos estádios ...





É caso para perguntar, para quando esta "moda" em Portugal? ... Queremos os estádios ch(s)eios! Não queremos?!

1 comentário:

Anónimo disse...

Só cá é que não se veem estas coisas, por isso é que os estádios andam vazios! ;)

Gostei muito dos "balones" e da música do último vídeo! ;)

Enviar um comentário