20 novembro 2009

Sporting: JUVE LEO, DUXXI E TORCIDA APOIAM CARVALHAL - Claques em conferência de imprensa [2]

Claques do Sporting apoiam Carvalhal

As três claques oficiais do Sporting prestaram esta sexta-feira o seu apoio ao novo treinador do clube, Carlos Carvalhal, e pediram "empenho" e "entrega" aos jogadores.

'A direcção decidiu contratar o Carvalhal e vamos apoiá-lo a ele e ao Sporting. Tivemos uma reunião na terça-feira e ele tem muita sensibilidade para os adeptos. Foi a escolha da direcção e é a escolha que nós apoiamos', disse Filipe Ribeiro, representante do Directivo XXI.

Em conferência de imprensa no Estádio do Alvalade, as três claques do Sporting, Directivo XXI, Juventude Leonina e Torcida Verde apelaram à união dos adeptos leoninos, dando como exemplo a união das três associações de apoio aos jogos fora de casa.

As palavras dos dirigentes foram também para os jogadores, pedindo 'entrega' e maior união com o público. 'A equipa pode contar connosco. Pedimos aos jogadores que também saibam reconhecer o nosso esforço e que também eles ajudem com uma forte entrega, para uma ligação mais forte com o público', apelou Daniel Sá Mico, da Juventude Leonina.

'Pedimos empenho, que jovem à bola, que dêem o máximo e os resultados aparecerão. Se der para ser campeão melhor. Ainda não estamos afastados de nenhuma competição. Se a equipa conseguir os seus objectivos, nós também conseguiremos os nossos', sublinhou Filipe Ribeiro.




Fonte: CM

G12: FIM-DE-SEMANA "OPEN FORUM" - Portugal Tifo



Como forma de comemorar o "nosso" regresso, o FÓRUM PORTUGAL TIFO, decidiu abrir as suas "portas" ao mundo, durante este fim-de-semana. A partir de hoje e até à próxima segunda-feira, o fórum estará TOTALMENTE ABERTO a todos os que o queiram visitar. A partir dessa data, passará novamente a ser acessível, exclusivamente, aos membros nele registados. Enquanto não volta à privacidade dos seus membros, aproveitem a visita, clicando... AQUI!

Sporting: JUVE LEO, DUXXI E TORCIDA APOIAM CARVALHAL - Claques em conferência de imprensa [1]

Carvalhal já cativou as claques


Treinador pediu apoio e prometeu "sensibilizar jogadores para a importância dos adeptos". Claques manifestam hoje apoio ao técnico

Carlos Carvalhal pediu o apoio das claques do Sporting e prometeu "sensibilizar os jogadores para a importância dos adeptos". Segundo disse ao DN, Luís Carlos, da Torcida Verde, o novo treinador do Sporting "é muito terra a terra e tal como Sá Pinto não mediu as palavras para explicar que precisa dos aplausos e incentivos das bancadas para dar ânimo à equipa" .

Hoje, as claques leoninas Juventude Leonina, Directivo XXI e Torcida Verde dão uma conferência de imprensa (16.00, em Alvalade), onde vão "manifestar o apoio incondicional à equipa", no jogo com o Pescadores da Caparica (dia 22) e com o Benfica (dia 29). "Nós só pedimos aos jogadores uma exibição ao nível deles, com atitude. Já não pedimos amor à camisola, isso é uma utopia, queremos apenas profissionalismo", explicou Luís Carlos ao DN.

Carvalhal e Sá Pinto foram "muito acessíveis" e poucas horas após as claques pedirem um encontro já estavam sentados à mesa na Academia (quarta-feira) para trocar impressões. O líder da Torcida Verde não esconde a admiração por Carvalhal: "Tem o nosso apreço, porque quando era treinador do Belenenses preocupou-se com o escandaloso preço dos bilhetes, que é também a nossa luta."

E apesar de não perceber porque é que os jogadores "são mais sensíveis aos apupos do que aos aplausos", acredita que Sá Pinto, "um homem próximo dos sportinguistas", pode reverter isso com a sua paixão pelo clube".


Fonte:DN

19 novembro 2009

Tribunal: SUPER DRAGÕES EM JULGAMENTO - Venda de bilhetes, resistência e coacção [2]

Cabecilha da claque portista acusado de evitar detenção

“Os Super matam-me”


"Por favor, não me fiquem com o dinheiro dos bilhetes, que o pessoal dos Super Dragões mata-me." De acordo com os agentes da PSP ouvidos ontem no Tribunal do Bolhão, no Porto, foi este o desabafo de Bruno Mendes, membro da claque portista detido no dia 12 de Outubro de 2005, junto ao Estádio do Dragão, por venda ilícita de ingressos.



Hélder Mota e Fernando Madureira à chegada ontem ao tribunal do Bolhão no Porto


Nessa quarta-feira, dia de jogo entre Portugal e Letónia (3-0), Bruno e Adriano Silva, este já octogenário, foram apanhados por agentes da PSP a pedir 50 euros por bilhetes de 20 para o clássico entre FC Porto e Benfica, a realizar quatro dias depois.

Contudo, dos dois, apenas Bruno – com mais seis pessoas – foi levado para a esquadra mais próxima. Isto porque Adriano terá escapado graças à intervenção de elementos dos Super Dragões, entre os quais Fernando Madureira, ou ‘Macaco’, chefe do grupo de apoio, Hélder Mota e ainda António Oliveira, acusados de resistência e coacção. Depois de todos terem desmentido a autoria dos crimes, ontem foi a vez de os agentes da PSP testemunharem.

"Eles eram para aí trinta e estavam identificados com casacos dos Super Dragões. Empurraram-nos e diziam que nos f... a boca e pediam aos que estavam na carrinha para fugir", contou Cláudio Rocha.

Tanto Cláudio quanto o colega Valdemar disseram contudo que a partir de certa altura foi Fernando Madureira quem permitiu acalmar os ânimos na confusão.


Fonte: CM



Mais... AQUI

18 novembro 2009

Taça: BILHETES A DEZ EUROS - Benfica vs Vitória Guimarães


Mil bilhetes a dez euros


Previsões de rapidíssima venda dos ingressos a preço bem especial que o V. Guimarães colocará hoje, a partir das 14.30 horas, à disposição dos seus associados. Há mil bilhetes para o jogo com o Benfica que serão vendidos a 10 euros.

O local da venda desses ingressos é o do costume, leia-se no departamento de atendimento ao associado, em pleno Estádio D. Afonso Henriques, junto à porta um. Nem a data e hora do jogo (domingo, 19.45 horas) servirão de entrave à viagem à capital de uma comitiva apreciável de adeptos vimaranenses.

Quase à mesma hora a que os sócios vitorianos poderão garantir antecipadamente um lugar no recinto benfiquista, para assistir à quarta eliminatória da Taça de Portugal, parte da equipa comandada por Paulo Sérgio realizará uma sessão de treinos no estádio.

Só não será a totalidade do plantel, porque alguns dos quadros principais do Vitória estarão, também às 15 horas, em Santa Maria da Feira, para participar em nova jornada da Liga Intercalar. O adversário será o Feirense.




Fonte: ABola

Ler mais... AQUI

17 novembro 2009

Coreia do Sul: SUPER TIFO - Coreografias... Sem cartolinas ou plásticos! [2]

Tal como já AQUI e AQUI exibido e descrito por nós, em 2007, colocamos agora o vídeo que faltava para completar estas majestosas coreografias.
Deliciem-se e comentem!


16 novembro 2009

Mundial 2010: "UM EXÉRCITO AZUL E AMARELO" - Portugal 1-0 Bósnia


Foto: Maisfutebol


Um exército azul e amarelo


O Portugal-Bósnia foi considerado de risco elevado. Os 3000 bósnios não se calaram a partida inteira, mas não existiram desacatos, tirando alguns objectos arremessados quando Bruno Alves festejava o golo.

Faltavam duas horas para o início do jogo quando os adeptos bósnios chegaram ao Estádio da Luz. Ficaram retidos nas imediações do recinto, mas nem por isso deixaram de marcar posição. Gritavam, saltavam, não se calaram. Essa foi a imagem que deixaram: nunca estiveram calados e, durante a primeira parte, ouviram-se mais os 3000 bósnios do que os 57 mil portugueses.

Tirando um incidente à entrada (ver caixa), não se registaram grandes desacatos por parte dos apoiantes bósnios. Não se cumpriram, assim, os piores receios da PSP. A polícia nunca facilitou e destacou 450 agentes para a Luz, a maioria para acompanhar os visitantes. Os bósnios chegaram de toda a Europa e não apenas de Sarajevo, o que dá para mostrar a importância do jogo para uma nação que ainda nem fez vinte anos.

A maioria dos apoiantes eram de claques, os BH Fanaticos, considerada um dos grupos mais extremos de toda a Europa, devido ao nacionalismo daquele povo balcânico. Um autêntico exército azul e amarelo, em constantes picardias com os portugueses.

O único problema registou-se no golo de Bruno Alves, quando o portista festejou perto da bancada onde estavam os bósnios. Foram arremessados alguns objectos, sobretudo garrafas de plástico, mas não acertaram em ninguém. O Corpo de Intervenção entrou de seguida. E ali ficou até ao final.




Fonte: JN


Ver vídeos... AQUI