20 fevereiro 2009

No Name Boys: LFV DEFENDE CLAQUE E ACUSA PSP - Operação “Fair Play” [7]


Vieira culpa PSP pelos No Name


Investigação: Presidente do Benfica já foi ouvido no DIAP

A investigação da PSP à claque No Name Boys levou em Novembro do ano passado à detenção de 30 elementos mais radicais, a maioria suspeitos de tráfico de droga, extrema violência e associação criminosa, e na última segunda-feira o presidente do Benfica foi prestar declarações ao Departamento de Investigação e Acção Penal de Lisboa.

Fontes próximas do clube adiantaram ao CM que Vieira descarta responsabilidades dos encarnados pelos actos da claque e aponta o dedo à PSP e à segurança privada por mau controlo de elementos armados e com material pirotécnico nos estádios.

Vieira negou qualquer apoio aos No Name Boys, nomeadamente na cedência ou desconto especial dos bilhetes para jogos. Ainda assim, o presidente do Benfica terá dito que, em três mil adeptos, os problemas estão num núcleo restrito. Recorde-se que, dos 30 detidos, quatro estão na cadeia, dois em prisão domiciliária e quatro com apresentações periódicas na esquadra.



Fonte: CM

18 fevereiro 2009

Lei 16/2004: PCP E BE DEFENDEM ADEPTOS... MAS POUCO! - "Nova" proposta de lei


Legislação contra violência colhe apoio generalizado


A iniciativa legislativa do Governo para combater a violência no Desporto colheu hoje apoio generalizado no plenário da Assembleia da República, embora com várias sugestões de alterações na especialidade, devendo ser aprovada quinta-feira na generalidade.

"O Governo tem toda a disponibilidade para acompanhar a discussão na especialidade", concluiu o secretário de Estado da Juventude e do Desporto, no final da discussão da proposta de Lei nº249/10, apresentada em Conselho de Ministros a 07 de Novembro e que estabelece o regime jurídico da luta contra a "violência, o racismo, a xenofobia e a intolerância nos espectáculos desportivos, de forma a possibilitar a realização dos mesmos com segurança".

Laurentino Dias contrariou a ideia de uma "deriva autoritária e securitária deste Governo" defendida pelo deputado comunista Miguel Tiago, argumentando que o registo dos membros das claques organizadas, previsto na nova regulamentação, já é efectuado pelos clubes de que esses mesmos elementos são sócios.

"Não creio que a indentificação dos membros destes grupos organizados seja contra-indicado. Não vejo qualquer perseguição", afirmou Laurentino Dias.

Apesar de "saudar a iniciativa do Governo" e a "componente pedagógica e preventiva do articulado como peça central", Miguel Tiago criticou a "fichagem de todos os jovens, a partir dos 13 anos, que pertençam a estes movimentos associativos", classificando o registo de adeptos como "inaceitável" - uma espécie de "cadastro preventivo".

O deputado do Bloco de Esquerda Luís Fazenda elogiou "a transferência do quadro de responsabilidade dos fenómenos de violência no Desporto" como "o principal avanço e ganho" do diploma, embora questionando a diminuição de penas para "o mercado negro dos bilhetes" e sugerindo punições mais severas e adequadas às realidades económicas dos clubes cujos dirigentes incitem à violência.

"Mantemos este cepticismo. Registar as claques não será uma resposta para acabar com a violência. Tem havido uma continuidade de actos de vandalismo à volta dos fenómenos desportivos perante alguma bonomia política", afirmou Fazenda, reconhecendo que o seu grupo parlamentar se congratula com a iniciativa governamental.

O secretário de Estado da Juventude e do Desporto tinha destacado o trabalho efectuado no decorrer da legislatura, nomeadamente o facto de haver já "10 claques de grande dimensão legalizadas", enquanto "apenas uma estava devidamente registada e inscrita nos termos da lei há cerca de três anos".

Laurentino Dias anunciou ainda estar "a estudar, em conjunto com as federações, a possibilidade de prescindir do policiamento em eventos de escalões etários inferiores, que não têm muito público", para uma racionalização dos meios de manutenção da ordem pública do Estado.

Hermínio Loureiro, deputado social-democrata e presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, e o democrata-cristão Nuno Magalhães também se mostraram favoráveis à aprovação do diploma, com "alguns ajustamentos que não vão desvirtuar o espírito da proposta", qualificando-a como "globalmente positiva", apesar de algumas "dúvidas e reservas" pontuais.

O deputado socialista António José Seguro realçou a importância de "formar e sensibilizar" os cidadãos portugueses "para que o Desporto seja efectivamente uma festa", afirmando tratar-se de "uma iniciativa oportuna" por parte do Governo da maioria PS.

A proposta de lei nº249/10, após a votação de quinta-feira, novamente em plenário, deverá baixar depois à 8ª Comissão Parlamentar (Educação e Ciência) para posterior discussão na especialidade.



Fonte: O Jogo

Taça UEFA: POLÍCIA À PAISANA AGREDIDO A SOCO - Braga 3-0 Standard Liège


Adepto do St. Liège detido por agredir polícia


Um adepto do St. Liège agrediu um polícia à paisana, antes do início do jogo entre os belgas e o Sp. Braga, dos 16-avos da Taça UEFA. O indivíduo foi detido por elementos da PSP de Braga, disse fonte policial à Agência Lusa.

Segundo as informações recolhidas, o adepto deu um soco no agente da autoridade, atirando-o ao chão. O belga estava integrado num grupo de algumas centenas de adeptos do St. Liège, que se reuniram no centro da cidade. Tentando evitar desacatos, o agente seguiu o homem, que acabou por agredi-lo.

O adepto do St. Liège foi rapidamente imobilizado e levado para a esquadra, onde permanecerá até sexta-feira. Nessa altura, será presente a Tribunal.



Fonte: Maisfutebol

17 fevereiro 2009

1ª Liga: CASA CHEIA PARA O 'DERBY' DA 2ª... CIRCULAR - Sporting vs Benfica

Casa cheia para o ‘derby’


O ‘derby’ do próximo sábado com o Benfica, da 19.ª jornada da Liga, deverá ser disputado num Estádio de Alvalade praticamente cheio. Pelos menos, é essa a expectativa dos responsáveis leoninos.

«Este ‘derby’ tem preços convidativos. Neste momento, juntando às cerca de 27 mil ‘GameBoxes’ o Sporting tem já 39.973 ingressos emitidos. Por isso, esperamos casa cheia e apelamos à família sportinguista para acorrer o quanto antes às bilheteiras do estádio, para evitar os constrangimentos de última hora e poderem apoiar, do primeiro ao último minuto, a nossa equipa», afirmou o director de comunicação do Sporting, Salema Garção, na TSF, informando que o clube da Luz «solicitou a percentagem que lhe é permitida por regulamento», tendo sido «enviados cerca de 2500 ingressos».

«Tudo leva a crer que os adeptos do Benfica serão abafados pela grande moldura humana sportinguista», atirou.



Fonte: ABola

1ª Liga: 2500 BILHETES EM ALVALADE PARA O 'CLÁSSICO' - FC Porto vs Sporting

2500 ingressos para o FC Porto-Sporting


O encontro entre o FC Porto e o Sporting está agendado para o dia 28 de Fevereiro, pelas 20h30 e os ingressos estarão à venda a partir do dia 18 de Fevereiro, com um preço de 22 euros. Aos «leões» foram disponibilizados 2.500 bilhetes para o jogo do Dragão, esperando que a venda seja um sucesso.


Fonte: Sporting

15 fevereiro 2009

1ª Liga: COREOGRAFIA DA FÚRIA AZUL E CURVA LEONINA NO RESTELO - Belenenses 1-2 Sporting





Ver mais... AQUI