14 novembro 2009

Mundial 2010: BÓSNIOS NA LUZ - Portugal vs Bósnia

Adeptos bósnios sempre presentes

CHEGAM A LISBOA VINDOS DE TODA A EUROPA CONFIANTES NO APURAMENTO


Quando uma seleção nacional se desloca ao estrangeiro, é normal que os seguidores dessa formação acompanhem os seus heróis. Contudo, as vicissitudes económicas e geográficas da Bósnia-Herzegovina, adversária de Portugal no playoff de acesso ao Mundial'2010, fazem com que a "migração" dos adeptos ganhe contornos bem particulares.

Para o desafio da 1.ª mão, esta noite, no Estádio da Luz, os BH Fanáticos, grupo de apoio à seleção balcânica, organizou como habitualmente um esquema bem montado para que não faltem vozes em Lisboa a gritar pelos pupilos de Miroslav Ciro Blazevic.

Desde a Bósnia seguem apenas mil adeptos, aqueles que têm capacidade financeira para pagar a viagem e suportar as muitas horas de camioneta e barco que a odisseia em causa impõe. Sim, porque apenas um grupo bem restrito conseguiu viajar de avião, um verdadeiro luxo no território.

Tratado o assunto dos bósnios... da Bósnia, faltava garantir apoio no canto mais ocidental da Europa. Uma questão resolvida em poucos dias. "Mantemos contacto diário e fomos falando com o pessoal dos Fanáticos que vive na Europa Central e na Escandinávia. Em pouco tempo ficou garantida uma verdadeira enchente no vosso país", revela Ilija Ozkan, um dos líderes do grupo.

"Temos bósnios espalhados por todo o lado e, numa altura como esta, em que para além do futebol decidimos a presença num evento que pode mudar o país em outras esferas, ninguém falha. Sabemos que podemos ter um futuro melhor depois de 180 minutos de jogo", rematou.

Movimento

A euforia em torno do encontro tem sido nota dominante e a alegria dos que há quatro dias saíram da capital Sarajevo, efetuando passagens por Croácia, Itália, Espanha e só depois Portugal, faz notícias nos jornais da região balcânica.
"Temos feito festa por onde passamos e estamos a conseguir o apoio de italianos e espanhóis. O nosso exército está a crescer", graceja um dos "viajantes" da ocasião que, alegando ter informações privilegiadas, garante "7 mil bósnios em Lisboa". Um número exagerado, mas que no cenário bélico usado pelos adeptos da seleção se poderá enquadrar como uma forma de intimidação. Dados para confirmar esta noite na Luz.


Fonte: Record


Sem comentários:

Enviar um comentário