14 novembro 2008

Tribunal: ADEPTOS DO BENFICA CONDENADOS - Incidentes com portistas e polícia


Caso de agressão a agentes da PSP em Novembro de 2004

Tribunal condena arguidos a penas de multa ou prisão


O Tribunal Judicial da Comarca do Funchal condenou ontem dois arguidos a uma pena de multa para um deles de 600 euros e para outro de 400 euros, pelos crimes de ofensas à integridade física grave e para o segundo de resistência e coacção à autoridade relativamente ao caso da desordem entre adeptos benfiquistas e elementos da “Casa do Porto”, na Rua Dr. Pita, no final do jogo entre o Benfica e o Marítimo no Estádio dos Barreiros, a 13 de Novembro de 2004.
Os arguidos foram detidos após o dérbi por agressão e coacção aos agentes da autoridade que se encontravam no local com vista à reposição da ordem pública. Recorde-se que na mesma ocasião outros agentes foram também agredidos no mesmo momento com o arremesso de pedras, mas os autores não foram identificados.
A sentença foi ontem lida pela juíza Joana Dias no 3.º Juízo do Tribunal Judicial da Comarca do Funchal, na presença de advogados de defesa por ausência dos arguidos.
O Tribunal deu como provados os factos da Acusação e julgou procedente o pagamento por parte dos arguidos de uma indemnização no valor de 609.70 euros, acrescido de juros, a favor da PSP.
Na decisão relativamente à qualificação jurídica, o Tribunal entendeu a conduta grave dos arguidos, ponderou o facto destes não terem antecedentes criminais, teve em conta a idade dos mesmos e considerou que se tratou de um acto isolado na vida dos arguidos e praticado impensadamente no calor do ambiente futebolístico.
Jorge Assis, foi condenado pelo crime de ofensas à integridade física grave a uma pena de multa de 150 dias à ordem diária de 4 euros (600). Por seu lado, João Tavares pelo crime de resistência e coacção à autoridade foi condenado a 100 dias à ordem diária de 4 euros (400). Como alternativa, os arguidos podem cumprir 100 dias de prisão em caso de não pagarem estas penas.


Fonte: jornaldamadeira


Violência SLB/FCP na Madeira... Ler AQUI


NN e DV primeiras vítimas da "diffide" em Portugal... Ler AQUI

6 comentários:

Anónimo disse...

vai comecar a guerra contra as pessoas que andam nas claques ainda se querem legalizar tenham juizo....liberdade para os ultras...jl76

Anónimo disse...

São sempre os mesmos a serem entalados...

Anónimo disse...

Não é bem assim meu mennino !
Aqui por cima tb á alguns que têem
levado com multas pesadas !

ACAB

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
TERRACE disse...

e vai ser cada vez pior.
mas há uma coisa que me faz ficar optimista para o futuro, é ver os caes a baterem em crianças, as crianças são o futuro, e se nos ja temos pouco ou nenhum respeito a esses senhores imaginem como será daqui a uns anos se continuarem a actuar da mesma forma.
o povo começa lentamente a perceber realmente a merda de policia que temos(lógico que existem casos a parte), e começa a reagir contra tudo.
QUARTEIS INSTAVEIS

DESEMPREGO A SUBIR

DENTRO DA PROPRIA POLICIA JÁ EXISTEM ALGUNS A REVOLTAR-SE

PORTUGAL CAMINHA PARA UM RICO CAMINHO.
DEPOIS SEMPRE QUERO VER SE CONSEGUEM CONTROLAR A REVOLTA DO POVO.

Enviar um comentário